"É preciso pensar nas outras reformas com urgência", diz senador Izalci Lucas


Quase 96% do Orçamento de 2020 está comprometido com despesas obrigatórias




O senador Izalci Lucas (PSDB-DF), relator setorial de Educação no Orçamento de 2020, participou nesta segunda-feira (28) de entrevista especial no programa Revista Brasil, das 9h às 10h, quando destacou a importância da aprovação da Reforma da Previdência e a necessidade de outras mudanças para o crescimento do país, como as reformas administrativa, tributária e trabalhista.

"O Brasil precisa mudar muito. O nosso déficit é muito grande. Quase 96% do orçamento de 2020 já está comprometido com despesas obrigatórias, ou seja, salários e Previdência. Por isso é preciso pensar nas reformas com urgência", afirmou.

Em relação aos investimentos para a educação, o senador anunciou em primeira mão que apresentou na última sexta-feira (25) um projeto que muda a sistemática do salário-educação e pode livrar mais R$ 10 bilhões para o setor.

"O nosso orçamento é 20% menor que o de 2019, que já não era suficiente. As bolsas da Capes, por exemplo, tiveram um corte de 51%, ou seja, mais de 1,6 bilhão. E vários outros programas também sofreram cortes" , informou.

O senador destacou outros assuntos que estão na pauta do Congresso, como a situação dos estados e municípios, o pacto federativo, a aposentadoria dos militares e reestruturação das Forças Armadas, e defendeu mais investimentos na área de ciência e tecnologia, cujo orçamento é menor do que há 15 anos. 

Ao encerrar sua participação, o senador Izalci Lucas fez um convite para a Marcha das Famílias contra as Drogas, que será realizada em Brasília no próximo dia 3 de novembro, com concentração no Museu da República, a partir das 10h. O foco é o julgamento do Supremo Tribunal Federal sobre o artigo 28 da chamada Lei das Drogas, que trata da descriminalização das drogas para uso pessoal.










O senador também conheceu a estrutura de rádio e TV que compõe a rede EBC, acompanhado do General Luiz Carlos Pereira Gomes, Presidente da EBC, e sua equipe.

A ochecer a estrutura da EBC, o senador comentou "São poucos os veículos de comunicação no Brasil que possuem a estrutura da EBC e o melhor de tudo é que está a serviço do Brasil", concluiu Izalci.

O Revista Brasil vai ao ar de segunda-feira a sábado, às 8h, na Rádio Nacional de Brasília. É transmitido de segunda a sexta-feira, às 8h, na Rádio Nacional da Amazônia e na Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

Mais Cultura

0 comentários