Por uma gestão transparente no condomínio


Você sabia que qualquer procedimento judicial ou administrativo de interesse do condomínio deve ser comunicado à assembleia de condôminos? E que deve ocorrer prestação de contas anual? Essas são duas das atribuições legais do síndico previstas no Código Civil

Porém, muito além do que manda o Código, um bom síndico sabe o valor da transparência na gestão. É a forma mais certa de criar uma relação de confiança com todos os usuários. Por isso, mantenha todos bem informados sobre as questões do condomínio, ainda que sejam “pequenas”.

Uma das principais reclamações dos condôminos é quanto à desconfiança com relação à gestão financeira. Para evitar esse tipo de problema e ser um bom síndico, é necessário fazer uma gestão transparente. Para isso, é primordial ser organizado, manter notas fiscais e orçamentos sempre à mão e em local seguro, e prestar contas periodicamente.

Os moradores têm o direito de entender e consultar as contas quando necessário, mas quando o síndico se adianta e presta contas sem ser questionado, fazendo uma gestão transparente, a relação de confiança se estabelece.

Procure realizar pelo menos uma reunião ao mês com a administradora, para acertar os assuntos financeiros e acompanhar a gestão. É imprescindível para o bom trabalho de ambos que o contato seja frequente.

As decisões do síndico devem ser tomadas sempre para o bem de todos. Isso requer comprometimento, respeito, e colaboração, observando e fazendo com que todos cumpram as regras internas constantes do Regulamento Interno.

Mais Cultura

1 comentários