Delmasso vai acionar Ministério Público contra festa ‘do diabo’

Uma festa de carnaval no Riacho Fundo I com “funk do diabo” e boneca presa na virilha de um dos cantores tem gerado muita polêmica nas redes sociais. Muitos moradores criticaram a apresentação e chamaram as cenas de “apologia à pedofilia”


Pais ficam revoltados com apresentação - Foto: Divulgação.
O vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (PRB), ficou muito indignado quando soube e já disse que vai acionar o Ministério Público hoje (07/02) contra os responsáveis pela festa. “Isso é uma safadeza. Não posso aceitar que as nossas crianças sejam expostas a este tipo de atração, é um absurdo”, disse o parlamentar.

Há um momento em que a apresentadora do evento distribui camisinha a uma pessoa da plateia, em frente às crianças. O evento foi próximo ao prédio do Conselho Tutelar.

A esteticista Sebastiana da Costa, mãe de quatro filhos e avó, ficou horrorizada quando viu a apresentação. “Eu acho um absurdo, isso não é festa pra criança, é apologia à pedofilia. Eu não deixaria a minha neta em um lugar desses”, afirmou.

Na representação ao Ministério Público, Delmasso pede que investigue o descumprimento do Artigo 17 do Estatuto da Criança e do Adolescente, que garante o respeito e a integridade física, psíquica e moral da criança. O deputado questiona também os critérios de classificação indicativa para o evento, já que haviam crianças na plateia.

CPI da Pedofilia

Para combater os casos de abuso sexual infantil, o deputado Delmasso criou a primeira Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia da história da Câmara Legislativa, em 2016.

Mais Cultura

0 comentários